AJL_5 Poker Blog

Archive for the ‘Poker’ Category

Main Event Solverde

In Poker on 09/12/2011 at 00:46

Daqui a 9 horas estou a entrar no comboio que me vai levar a  Espinho. Na prática tenho que trocar no Oriente e esperar lá mais de 2 horas, mas marca o início da viagem do “vem todo”. Pelo terceiro ano consecutivo vou participar na festa do poker nacional e “no” Main Event.

Este ano tenho uma novidade principal, que é o patrocínio da Optimus Poker. Quero aproveitar esta oportunidade que me deram e representar a sala o melhor que souber e puder. Mudei grande parte da minha ação para lá (rede Merge) e, mesmo tendo jogado bem abaixo da média nos últimos meses, e não tendo o gráfico mais bonito do mundo nas últimas dezenas de milhares de mãos, parece-me que tem um dos fields mais agradáveis que por aí andam. O longo prazo acabará por me dar razão.

Depois tenho uma novidade secundária, que é tentar fazer o auto-report do meu torneio, como está tanto na moda. Ainda não sei se o farei através do facebook ou do twitter, mas estou mais inclinado para a segunda opção. Primeiro, porque não tenho por hábito meter muita informação pessoal no facebook. Depois, porque no twitter qualquer um me pode adicionar e seguir sem ter que estar a dar autorizações e coiso. Agora só me falta perceber como é que aquilo funciona, mas tenho a viagem toda para o fazer.

Para quem estiver interessado, e caso opte pelo twitter, podem seguir-me @AJL_5. Caso vá mesmo pelo facebook, não vou estar a dar a conta a toda a gente, mas a Xika do PokerPT é minha amiga lá, pelo que pode ser que ela espreite e apareça alguma coisa no live report. De qualquer das formas, estou a pensar depois escrever uma entrada aqui no blogue só acerca disso e vou colocar e discutir todos os reports que fizer.

GL para mim e para todos os meus cavalinhos! SHIP IT!

Chorar dá tanto…

In Poker on 09/12/2011 at 00:23

Não, ainda não deu. Mas vai começar a dar, como é suposto ser.

Qualquer jogador de poker que se preze deve tentar, entre outras coisas, dominar a arte do choradinho. Sei que ainda tenho muito a aprender, mas posso afirmar que apresento bons gráficos no que a esta stat diz respeito. Assim sendo, e porque o último mês não foi muito melhor do que o anterior, venho a público chorar um pouco no vosso ombro virtual. E para tal vou colocar aqui umas mão do estilo fml e “isto é tudo à sorte”. Assim rapidamente, e porque não me apetece andar a vasculhar em coisas deprimentes:

FML – http://weaktight.com/4164034

“É tudo à sorte” – http://weaktight.com/4164040

E pronto, está feita a minha parte. Agora é “suck it up” e “grind it back”. Ou então que venha todo já este fim-de-semana no Main Event do Solverde, de que vou falar no próximo post que vai sair logo de seguida.

Relativamente ao resto da vidinha, arranquei com as sessões de coaching e já tenho uma série de primeiras aulas cumpridas. A ideia é deixar que as discussões que tive com os alunos assentem e que façam por implementar no jogo deles as alterações que sugeri. A segunda sessão começará com um balanço do efeito que essas alterações tiveram nas mesas e na winrate. É, com toda a certeza, uma área em que vou continuar a investir, porque me dá muito prazer.

Para os que querem saber, o basket está a ser uma experiência espetacular (também não esperava menos) que me tem absorvido muita da disponibilidade mental. Então agora, quando já temos mais de 30 treinos e se começa a ver as miúdas a melhorarem a cada dia que passa (mesmo que elas não tenham noção disso), é extremamente gratificante. E até os resultados em termos de vitórias-derrotas têm sido acima das expetativas, se bem que isso é o que menos interessa. Pelo menos esta época. :^»)

Brb, para falar do Main Event.

3, 2, 1… coaching! 100% garantido!

In Poker on 12/11/2011 at 21:16

Aos seus lugares… prontos… coaching!

Desde a última entrada no blogue o projeto de coaching cresceu de uma forma muito interessante e, sinceramente, para uma dimensão que não estava nos planos iniciais. Mas como as oportunidades são para agarrar, decidi ir em frente e aproveitar esta. Neste momento estou em conversações com alguns jogadores para a criação de um grupo de coaches especializados em diversas vertentes: 6max, HU, SNGs e MTTs, para começar.

Para que as coisas sejam feitas em condições e com a qualidade que se exige, existem diversas decisões que têm, necessariamente, de ser bem ponderadas. E isso requer tempo. Tirando a honrosa exceção da EducaPoker, o coaching em português ainda tem muito por onde evoluir e muito mercado para ser aproveitado. E é isso que pretendemos fazer. Temos milhões (mais coisa menos coisa) de ideias para explorar mantendo a inovação e a originalidade na nossa língua.

De qualquer das formas, e porque estou com muita vontade de arrancar, vou começar a criação do primeiro grupo de alunos. Estou a partir de agora a aceitar jogadores de cash até NL50 ou jogadores de SNG/MTTs a querer fazer a transição para cash 6max, individualmente ou em grupos de 3 a 5 elementos. As aulas começam ainda este mês.

Condições

Aulas individuais:
1 hora – 50€ (10% de desconto na primeira aula para quem aderir à mailing list)
5 horas – 200€ (igual a 20% de desconto)

Aulas de grupo (mínimo 3 alunos):
1 hora – 20€ por aluno (10% de desconto na primeira aula  para quem aderir à mailing list)
5 horas –  80€ (igual a 20% de desconto)

Estes preços apenas são válidos para aulas marcadas/reservadas até ao final do mês de novembro.

E o mais importante de tudo:

100% garantido!

Ou ficam contentes com o que tiveram ou o dinheiro é devolvido. Na hora e sem condições, letras pequenas ou perguntas!

Contatos para agendamentos e esclarecimentos

Email: ajl5coach@gmail.com
Skype: ajlima5

Long time no see – setembro, outubro e coaching

In Balanço, Coaching, Poker on 30/10/2011 at 23:53

Ora vamos lá atualizar isto já com o novo acordo ortográfico. :^)

Antes de mais, o gráfico do mês de setembro, que não cheguei a colocar, já tirado do novo Holdem Manager 2:

Para ser consistente com os meses anteriores, devolvi algum do que juntei, nos últimos dias. Whatever, voltou a ser o melhor mês de sempre. De qualquer das formas, aquela descida no número de blinds não tem equivalência em dinheiro, porque grande parte daquele swing final foi em NL200. E durante o mês joguei quase tudo o que mexeu até NL2k.

Quanto ao Holdem Manager 2, acabei agora de importar a base de dados e vou começar a experimentar outra vez mexer no programa, após recomendação do maior especialista da península ibérica e arredores em tudo o que tem a ver com cenas ligadas a computadores e afins. Ainda me estou a tentar lembrar de todos os nicks que tenho nesta base de dados, pelo que ainda não consegui que os resultados totais batessem certo. Aliás, os resultados deste mês estão completamente marados. O gajo diz-me que estou a ganhar uns 120k€. :^p I wish!

Mas a realidade é um bocadinho diferente e estou down uns 3k€, que se vão manter por aí ou perto, porque não estou a pensar jogar muito mais. Mas acabou por ser um mês de aprendizagem interessante. Antes de mais, este resultado negativo vem todo de uma aventura em NL5k :^D atrás de um sapalhão (digo eu). Mas como não tenho nada de andar a jogar tão abusadamente fora de banca, levei com o martelo para acalmar os cavalos. Não chegou a 1,5 BIs down, mas é só fazer as contas para perceber que é muito guito mesmo para quem está confortável a jogar NL1000. Suck it up and grind it back!

Depois, com todas as coisas que tenho a andar na vida “real”, este foi o mês de acertar rotinas e horários. E cheguei à conclusão de que, mesmo tendo provavelmente o melhor horário de sempre numa escola, tenho pouco tempo para jogar às cartas. Tenho 2 dias calmos durante a semana, sendo um deles aproveitado para tratar da preparação das aulas/treinos e de toda a burocracia que a vida de professor implica, e 3 dias a abrir, que acabam depois das 21h30. Ora, chegar a casa, tomar banho, comer e passar algum tempo com as minhas meninas leva a que me sente ao computador já perto da meia-noite. O que para grindar NL200+ se torna num handicap a nível de disponibilidade mental (aka estou todo roto e sem vontade nenhuma de jogar). Isto para dizer que joguei, depois dos primeiros dias de loucura e de bumhunting em 10-20 e 25-50, muito pouco até perto de dia 20.

Até que me decidi a depositar na PokerStars, por ser o único sítio com ação decente a todas as horas e onde posso jogar o número de mesas que me apetecer de manhã ou de tarde, quando tenho tempo. E em menos de 25h de jogo (o HM diz que foram 24,87 até agora, mas estes números incluem as pausas a meio de sessões, porque considera que é a mesma sessão se voltarmos a jogar menos de x tempo – que deve ser pelo menos uma meia hora – depois de fecharmos tudo) sou praticamente Platinum Star. E isto quer dizer o quê? Não sei exatamente, mas estive a fazer umas contas por alto e acho que sem ter que aumentar muito o ritmo conseguia chegar a Supernova Elite num ano sem grandes dificuldades. Isto foi a jogar 10-24 mesas de NL100 (praticamente tudo) e NL50 (pouco mais de 1000 mãos). Estou ligeiramente down (~$300), mas estive muito up devido a uma boa run ao início e também acho que consigo fazer melhor que breakeven no longo prazo, com uma table selection mais criteriosa.

EDIT: estive a trocar os Stellar Rewards e afinal estou menos de $50 down e ainda me faltam 641VPPs para PlatinumStar . O que, no longo prazo, e subindo nos níveis VIP até pelo menos Supernova, dá um EV bem positivo. Vou meter umas mãos agora para ficar com o nível garantido para o próximo mês.

Na próxima entrada vou falar acerca de coaching. Como é algo que há já algum tempo tenho em vista, achei que esta fase em que o tempo disponível para jogar não é de tanta qualidade seria uma boa altura para começar a apostar nesta vertente. Sendo professor de profissão, com passado de atleta e presente de treinador de competição, juntando isto ao fato de ser ganhador em níveis já bastante simpáticos, sinto que tenho as competências necessárias para também ter sucesso nesta área. Entretanto vou criar uma mailing list aqui no blogue (assim que descobrir como é que isso se faz :^p), para ir juntando contatos de possíveis interessados e porque tenho algumas ideias muito interessantes que podem ser exploradas através desse meio e que com certeza vão agradar a muitos iniciantes, micro e smallstakers que pretendem evoluir o seu jogo.

AJL estreia-se em 10-20

In Hand History, Poker, Session Review on 22/09/2011 at 10:42

Só uma entrada rápida, para marcar o dia (ontem) em que me estreei em highstakes (pelo menos o lobby da Entraction diz que são :^p). Aconteceu tudo sem planeamento prévio e num espaço de 15 minutos, enquanto lanchava depois de vir da escola e antes de ir buscar a cria à creche.

Espreitei as mesas, como é hábito, só para ver se se passava alguma coisa interessante. E detectei um nick que não me era estranho, com uma stack esquisita (50 e tal bbs) em NL400. E depois reparei que o mesmo artista estava sentado sozinho em NL2000 com 25bbs. Waiting list numa e sentei-me ao lado dele na outra.

Na primeira mão (literalmente) que jogámos…
http://weaktight.com/3965681
Run better!

Depois de construir uma imagem de ganhador :^D com a mão anterior, fui obrigado a mostrar isto…
http://weaktight.com/3966872
Steaming!!

E passados uns minutos já lhe tinha apanhado as manhas…
http://weaktight.com/3965685
Ship it!!!

Um bocadinho depois ainda entrou mais um, que não faço ideia quem seja, mas que tinha stats mais decentes…
http://weaktight.com/3965686
Calling station.

E entretanto estava na hora de arrancar e tive que parar com a brincadeira.

À noite voltei a visitar a tab  e pode-se dizer que continuei a runnar bem. Estive num jogo 3 handed uma meia hora em que a SB foldava ~85% e a BB dava call 51% para foldar 44% a cbet. Piloto automático a abrir 100% dos botões e a mandar 1/2 pote vs a BB. Just printing money!

Life update

In Balanço, Reflexões on 19/09/2011 at 12:18

Chega setembro e volta a vida “normal”.

Fui colocado, pela primeira vez nos últimos 4 anos, com horário completo no dia 31 de Agosto. Um bocadinho mais longe de casa do que tenho ficado ultimamente, mas não me posso queixar. Este ano, e após muita ponderação, aceitei voltar a treinar basket: vou ficar com uma equipa de sub16 femininas, o que significa muitos finais de tarde e fins-de-semana ocupados. Tenho também uma classe de “ginástica” sénior que já acompanho há 6 anos, para além da coordenação deste projecto, que contou no ano lectivo passado com 9 classes.  Para além do mais importante: sou pai e marido.

E agora vamos lá conciliar isto tudo e bater midstakes… :^P

Nestes quase 2/3 de mês que já levamos só posso dizer bem dos deuses e do karma e do universo e dessa gente toda.
Se agosto foi o melhor mês de sempre, setembro já passou essa marca em quase 50%. A minha linha vermelha continua extremamente sexy. E, definitivamente, deixei de abrir a tab de small stakes (NL200 e inferior) enquanto tenho acção decente em NL400, 600 e 1000. O que, infelizmente, não acontece a toda a hora (e é uma das razões de estar a escrever isto 8^)).

E porque é disso que a malta gosta, aqui vão os gráficos até ao momento e respectivas estatísticas:

Consegui há pouco passar a linha azul para o positivo. O resto é tudo aggression, outplay e spew. :^D

Eu sei que basta fazer as contas para chegar ao valor que apaguei ali em cima, mas como julgo que este valor é incomportável, vou deixá-lo aqui para recordação. Neste momento tenho rakeback de pelo menos 60%. E lá vou eu dar aulas a ~9€/hora… :^»)

O VPiP/PFR estão ligeiramente inflacionados porque muitas vezes tenho que jogar 3 handed ou mesmo HU para ter acção em NL400+. O SB UO PFR está bastante mais baixo que a “realidade”, porque quando fico HU numa mesa de 6 max, a SB está fora de posição. Com 4-6 jogadores está nos 79,5%.

Quanto à entrada acerca da linha vermelha e variância, vai ficar para mais tarde. Mas continua nos planos.

GL e muitos check-shove para todos!

Agosto e I’m back up there!

In Balanço, Hand History, Reflexões on 08/09/2011 at 13:23

Depois da sessão mágica de que falei atrás, apenas joguei mais meia dúzia de sessões até ao final do mês. E, believe it or not, veio todo e mais algum. Obviamente não voltei a jogar enquanto me sentia cansado. Se bem que isto é uma coisa que me passa rápido, porque a vontade de grindar nos, muitas vezes, poucos tempos livres que tenho se sobrepõe. É uma forma de treinar a endurance. :^)

O gráfico final do mês, dia-a-dia, é este:

Por razões facilmente compreensíveis, não vou colocar valores. Podia colocar em big blinds, mas agora começa a fazer menos sentido, porque estou a jogar níveis misturados, o que altera a percepção dos resultados em termos de bottom line, que é o que, no final das contas, interessa. Mas posso dizer que foi, por uma boa margem, o melhor mês de sempre.

Por falar em níveis diferentes, voltei a espreitar NL400+. A banca não é a ideal para grandes aventuras muito mais alto, mas, a não ser que seja mesmo obrigado pela variância (ou pelos regs melhores do que eu) a tirar o pé do acelerador, não vou voltar a cara a bons jogos até NL1000. A amostra ainda é muito pequena e os resultados dizem muito pouco, mas o mais importante é mesmo olhar para as mesas (que são poucas) e perceber se são bons jogos. O resto virá eventualmente.

As maiores mãos ganha e perdida em que joguei as 3 streets (ou seja, não houve allin até ao river), em termos de bbs, de NL400 para cima este mês foram:

http://weaktight.com/3915361 – na altura este pareceu-me reg, mas acho que não o voltei a ver desde lá. De qualquer das formas, dá para perceber que aqui fazem coisas a que não estamos habituados em NL200. Mas nesta mão específica não me pareceu que ele apenas estivesse a fazer aquilo com nutted hands ou puros bluffs. Podia muito bem estar a vbetar pior. O que tornou o call mais fácil.

http://weaktight.com/3915362 – o call preflop não é bom nem mau, é normalmente horrível. Não consigo ver agora as stats dele, mas tenho ideia que 3betava muito dali. E que fazia muitas asneiras posflop. Sem querer justificar-me :^p. Mas uma das coisas que me apercebi dos regs destes níveis é que floatam muito. O que é bem pensado, porque quem ali está com a banca toda, ou quase, poucas vezes vai querer arriscar a stack em 3 barris em bluff. A maior parte das vezes, nem em 2. O que vai permitir levar muitos potes em posição.

Para finalizar, e falando um bocadinho do que já passou deste mês, continuo a runnar bem (tirando no allin EV, mas isso acho que não há ninguém no mundo que runne acima do EV  :^p, por isso não ligo nada a essa estatística). Dei por mim a nem sequer espreitar já as mesas de NL100 e a ir directamente para a tab de midstakes. E depois a preencher com NL200 se não tiver acção suficiente. E, por enquanto, está a ser proveitoso. Daqui a uns dias meto uns gráficos e já sei do que quero falar: linha vermelha e variância.

Descanso e Tilt

In Balanço, Hand History, Poker, Reflexões, Session Review on 26/08/2011 at 05:09

Como referi na mensagem anterior, deixei de fora do último gráfico a última sessão que joguei. E desde lá ainda não voltei a tocar na chicha. Por um lado, é como se fosse um castigo auto-imposto. Para não ser estúpido.

Pois bem, essa única sessão custou-me cerca de 30% do lucro conseguido durante todo o mês.

No início do mês tinha decidido que ia passar a descansar mais (isto é, deixar de aproveitar todo o tempo disponível para grindar) e a tirar pelo menos um dia por semana para não pensar em poker. Achei que tinha sido essa a causa da minha downswing do final de Julho.

No fundo, não sei se se pode chamar downswing a uma situação que em grande parte foi da minha responsabilidade. Sim, é verdade que passei a runnar horrivelmente. Mas ainda é mais verdade que runnei bem todo o mês até aí. E que ninguém me obriga a jogar quando as coisas correm mal. Assim sendo, foi mais uma donationswing do que uma downswing. Mea culpa.

A verdade é que durante todo o mês de Agosto joguei bastante menos: tenho 28,4k hs jogadas até agora, contra 40,1k hs durante os mesmos dias do mês passado. Em parte deveu-se ao facto de ter tido coisas para fazer que não tive em Julho, mas também é uma realidade que não forcei nada.

Sempre que joguei senti-me com vontade para o fazer, motivado e nunca procurei prolongar as sessões por demasiadas horas, fosse com que justificação fosse. Até esta da madrugada de dia 22 para 23. Nesse dia tinha conduzido ida e volta a Sevilha, andado a tarde toda por lá a escolher móveis (IKEA, yeah :^p), incluindo a parte de os carregar e descarregar: loja -> carro -> elevador -> casa. E, parecendo que não, é brincadeira para cansar um gajo. Mas decidi, ainda assim, fazer uma sessãozita.

A ideia não era jogar muitas horas, era apenas continuar com o que vinha a fazer até aqui, tranquilo. Enquanto jogava, estava à conversa com um amigo que não joga poker mas que está interessado em começar a experimentar. Ele não tem grande noção do que implica o jogo, para além dos preconceitos associados ao mesmo. Estava a tentar explicar-lhe que não é dinheiro fácil e que eu jogar “nas mesas dos 200€” não é porque tenho mais tomates que os que jogam nas de 10€. Que isto implica muito estudo e bastante dedicação.

A sessão não estava a correr especialmente bem. Sinceramente, sentia-me cansado e não estava a jogar o meu melhor. Se bem que não ache que estivesse down por ter feito grandes asneiras. Tinha perdido uns flips e um set over set e coiso. Para ser sincero, se não tivesse ali a falar com ele, provavelmente até já tinha fechado tudo. Até que tenho esta mão: http://weaktight.com/3873003, que, olhando bem, nem joguei lá grande coisa. Mas pronto, lá fui eu ao Skype dizer-lhe que já estava up e tal.

A resposta dele foi: “então não jogues mais hoje, já ganhaste o dia!”. É óbvio que, do alto da minha sabedoria, discorri um discurso a explicar-lhe que não é assim que funciona. Que, se ainda há dinheiro para ganhar nas mesas, não vou abandonar só porque recuperei o que estava a perder e estou a ganhar um bocadinho. Que, se não tiver cansado ou a fazer asneiras, não devo parar. Tenho é que ficar por cá enquanto houver patos.

Bem dito bem feito. Fiquei. Percebo agora que foi, inconscientemente, um bocado para validar o que lhe tinha dito. Mas claro que o cansaço não foi embora. E logo a seguir ganhei outra stack e já estava up um valor que, em dinheiro do dia-a-dia, é relevante. “Não jogues mais senão podes perder o dia caralho”, disse ele. “Cala-te, crl. Isso não é assim”, disse eu.

Mas entretanto a maré virou e runnei horrivelmente mal durante umas órbitas. Nada a que não estejamos todos habituados. Mas o cansaço estava lá. E o cansaço leva a que não controlemos as emoções tão bem. Especialmente quando já estamos outra vez a perder. Na prática o que aconteceu, e vendo agora à distância, foi que a minha atitude em relação ao que estava a fazer mudou. Deixei de ter a disposição de tentar ponderar cada decisão, tentando ganhar todos os pequenos edges que me são oferecidos, para uma situação de “deixa que ele vai acabar por fazer asneira e nessa altura shippa-me a stack, basta eu andar por cá mais um bocado”.

Claro que, estando em mesas com regs competentes e totalmente focados, este comportamento sairá, inevitavelmente, caro. Na prática, deixei que a dormência tomasse conta de mim, o que se transformou em tilt daquele sorrateiro. Não spewei stacks de 150bbs preflop só porque sim, nem mandei 3 barris em bluff 15 vezes seguidas. Mas tive um acesso desse outro tilt, quiçá mais pernicioso, por de mais difícil detecção, que nos leva a acumular pequenos erros, jogando de forma automática e descomprometida.

O resultado final foi este. Vai ficar aqui espetado para me relembrar do que eu sei que não devo fazer. O meu próximo objectivo é arranjar uma estratégia que me leve a cumprir isto sempre. Tenho a perfeita noção de que ninguém é alheio ao tilt. É inevitável que aconteça, eventualmente. Mas também sei que isso pode ser trabalhado e melhorado, como qualquer outro skill.

Uma boa maneira pode ser vir para aqui escrever estes testamentos em vez de ir para as mesas. Hoje resultou. :^p

Para quem não gosta de escrever ou prefere outro tipo de soluções, aqui fica um artigo do Jared Tendler que trata deste assunto do descanso e recuperação entre sessões: You Need Rest To Be The Best.

Férias e Balanço e Linha Vermelha a Saltar a Azul FTW

In Balanço, Pro Team, Reflexões on 24/08/2011 at 17:31

Como é normal nesta altura do ano, também eu tenho mais coisas para fazer durante o mês de Agosto. Mais que não seja porque estou de férias. E, nestes últimos 15 dias, toda a família. Assim sendo, tive já uma semana de “retiro espiritual” e vou tendo as que faltam até Setembro para outro tipo de descansos. Desta forma, o poker tem sido menos jogado, tal como toda a sua envolvência tem sido menos esmiuçada. Por outro lado, o meu discurso escrito modificou-se para este formato mais preenchido por recursos de estilo. No fundo, mais cagão. Não sei porquê mas também não vou agora parar de escrever para pensar nisso.

Consequência de menos horas ao computador, tenho menos mãos para mostrar em termos de balanço. Mas porque quantidade não é qualidade, estou a ter o melhor mês de sempre. Até ver. Estou numa boa run não estando a runnar bem em termos de allin EV. Isto é, tenho uma winrate insustentável, acima de 10bb/100 em ~25k mãos, mas ao mesmo tempo estou abaixo do EV. Acho que por aqui dá para perceber o quão insignificante o allin EV, com o qual tanta gente se preocupa e no qual deposita a responsabilidade de não estar a ganhar o que devia, no panorama geral do jogo, e na quantidade de coisas que influenciam os resultados e que nada têm a ver com irmos allin preflop com os nossos ases e perdermos 15 vezes numa série de 20. E é também por isso que não apresento essa estatística nos meus gráficos ou nas tabelas: serve de pouco mais do que para chorar e fazermo-nos de coitadinhos e que a sorte é só para os outros e coiso. Suck it in e reload, bitch!

E porque o mês estava (está) a correr bem, decidi que era hora de voltar a abrir a tab dos midstakes. :^p
Descobri que, para além das poucas mesas habituais em NL400, estavam mais uma de NL600 e outra de NL1000 a funcionar. Reparei que andava por lá uma baleia habitual por estes lados, e lá voltei ao “degeneranço”. E em boa hora, pois correu muito bem, mesmo tendo sido uma sessão relativamente curta (cá está mais um exemplo do que falei acima).

Este é o gráfico até ao final da tarde do dia 22, que não conta com a última sessão que joguei nessa noite. Isto porque a quero deixar para um post dedicado, no qual quero abordar os temas do descanso, no qual já falei atrás e me comprometi a cumprir este mês, e do tilt. Ou de como os dois podem estar ligados. Entretanto, reparem no pormenor da linha vermelha (non-showdown winnings) passar para cima da azul (showdown winnings) ali no finalzinho. :^p

Nos próximos dias também quero escrever mais um pouco sobre a oportunidade que está e vai ser a Optimus Poker Online Team e sobre os meus novos “colegas”. E isto tudo até ao final do mês, antes do balanço final.

Optimus Poker Pro Team

In Poker, Pro Team on 05/08/2011 at 13:05

E cá está a novidade por que tanto esperavam… :^)

Há algumas semanas atrás fui convidado pelo Manuel PokerPiu Lopes para fazer parte de um projecto de lançamento de uma casa no mercado português. O PokerPiu1, na Optimus Poker, foi anteriormente responsável pela selecção das equipas profissionais da BWin e da ChiliPoker no nosso país. A ideia é criar um grupo de jogadores regulares, sérios e com algum tipo de intervenção mais ou menos activa na comunidade (através de blogues, fóruns ou outros).

Estou com os níveis de expectativa em alta em relação a esta oportunidade. Ainda estamos muito no início, mas tenho a convicção de que em relativamente pouco tempo a Optimus Poker passará de casa perfeitamente desconhecida no nosso mercado para casa completamente instituída. E espero contribuir com a minha parte para que tal aconteça.

Quando tiver tempo/paciência vou criar uma página aqui no blogue só para as informações relativas à Optimus Poker. E entretanto vai aparecer um banner algures ali em baixo. Provavelmente este:

A minha apresentação no site está em: http://pt.optimuspoker.com/escola-de-poquer/ajotaeleunderscore5.html

Para mais informações relativas a este projecto visitem o site da Optimus Poker e o blogue do PokerPiu.

PS – Fiquei com um nick espectacular! :^p